Entenda a diferença entre um chip pré-pago de banca e um chip M2M para rastreador veicular

11 de dezembro de 2020 às 17h40

Você gostaria de compreender quais são as principais diferenças entre um chip Pré-pago (de banca) e um chip M2M para rastreador veicular? Inicialmente pode ser difícil compreender a diferenciação, afinal de contas, muitas pessoas têm dúvidas sobre o assunto.

No entanto, de forma resumida, podemos dizer que cada tecnologia apresenta características distintas, especialmente na capacidade de gerar dados.

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto?

Neste texto demonstraremos a usabilidade dos dois chips, suas características e os principais benefícios. Continue conosco!

O que é um Chip pré-pago?

Extremamente difundido no mercado, e fornecido por meio das principais operadoras de telefonia móvel, os chips pré-pago são bastante populares. Portanto, apresentam como um dos seus pontos positivos a facilidade durante o processo de aquisição. É possível obtê-los através de bancas de jornais, farmácias, supermercados e outros estabelecimentos.

Por essa tecnologia ser bastante acessível, muitas empresas costumam iniciar o trabalho com esse modelo de chip. Entretanto, é necessário ficar atento a alguns pontos nocivos ao negócio. E é sobre eles que vamos falar na sequência deste artigo.

Por que não utilizar chip pré-pago em seu negócio?

Existe uma ampla praticidade na aquisição de chips pré-pagos, contudo, o processo de gerenciar as linhas se torna mais complexo. Em relação às principais desvantagens, podemos citar:

  • Necessidade de realizar recargas com frequência;
  • Impossibilidade de gerenciar envios de SMS;
  • Risco de cancelamento/bloqueio pela operadora por uso “inadequado” e falta de recarga;
  • Ausência de plataforma de gestão (consumo de dados, recarga, bloqueio, IMEI Lock etc.);
  • Tempo de vida do SIMcard (chip) é curto (2 anos);
  • Volume do tráfego de dados é menor;
  • Ausência de APN Privada, reduzindo a segurança na transmissão de dados;
  • Interrupção de serviço nos casos de cancelamento sem aviso prévio pela operadora, até que haja a compra e troca de novo SIMcard (chip);
  • Sensibilidade a temperatura alta, umidade e vibração.

Esses pontos são prejudiciais ao monitoramento e/ou desenvolvimento das atividades, e podem afetar a estabilidade dos serviços que são ofertados. Assim, a imagem da empresa pode ficar danificada no mercado.